Documentário gaúcho aborda as relações e conflitos de mães de homossexuais

O documentário Mãe de Gay foi vencedor dos prêmios Melhor Documentário Gaúcho e Melhor Vídeo pelo Júri Popular no 16º Gramado Cine Vídeo, realizado em Gramado na última semana em paralelo ao 36º Festival Internacional de Cinema de Gramado.

O filme aborda as reações das mães ao descobrir que seu filho é gay e o modo como encaram a situação. Entre as fontes, destacam-se as participações do ator Juliano Barros, da Drag Charlene Voluntaire (Charles Machado) e de Regina Lazaroto de 64 anos.

Através dos depoimentos é possível perceber as dificuldades enfrentadas pelos homossexuais desde a percepção até a aceitação de sua condição sexual. O documentário, que foi gravado em Porto Alegre entre maio e junho deste ano, é uma produção dos alunos do curso de jornalismo da Rede Metodista de Educação do Sul (IPA).

Sobre o Gramado Cine Vídeo

O Gramado Cine Vídeo é considerado um dos mais importantes eventos para o fortalecimento das produções de cinema, vídeo, web e televisão. A mostra que aconteceu de 11 a 16 de agosto, em paralelo ao 36º Festival de Cinema de Gramado, foi composta por 123 produções. Ao todo o festival recebeu em 2008 a inscrição de 1260 trabalhos produzidos em todo o Brasil.

Mãe de Gay
Histórias de Mães, histórias de filhos
Junho, 2008.
Gênero: Documentário
Tempo: 19:30 (mm:ss)
Para assistir online acesse:
PARTE 1 e PARTE 2

Anúncios