Foi inacreditável!
Uma alegria para quem sempre amou cinema e está se aventurando pela primeira vez nessa arte fantástica. Tive a oportunidade participar do 36º Festival de Cinema de Gramado. Estava lá, claro, para assistir todos os filmes da mostra competitiva, mas a minha presença ali não era apenas de espectador. Passei a semana na Serra a convite do da produção do festival, pois fui selecionado pelo Jornal Correio do Povo para integrar o Júri Popular da mostra oficial competitiva.

Uma experiência única, prazerosa, mas ao mesmo tempo de imensa responsabilidade.
A escolha do nosso júri, composto por 14 pessoas de diferentes estados do Brasil, foi decida após uma longa discussão contornada por diferentes pontos de vista sobre o “melhor” cinema popular. O resultado todos já devem saber, a maioria optou pelo talento de Matheus Nachtergaele com seu A Festa da Menina Morta. Não foi uma tarefa fácil. Decidir o que é realmente popular, ou não aos olhos de um país tão imenso e de diferentes culturas como Brasil, me deixou sete dias de “cabelo em pé”. 

Vou escrever sobre cada uma das produções que assisti no festival aos poucos, assim que estiverem próximas de estrear nas salas gaúchas.

 

Anúncios