A nave espacial criada por Zaha Hadid para servir de galeria de arte da Chanel acaba de aterrizar no Central Park. O espaço, especialíssimo, já passou por Hong Kong e Tóquio este ano. E ainda tem Londres, Moscou e Paris no seu roteiro. 

Tudo para comemorar os 50 anos da grife. Por lá, os pisos são de camélias e balanços são presos por correntes, ou seja, os ícones da marca. Vale a pena conferir, nem que seja só uma visita virtual (veja). 

A Chanel Mobile Art leva em sua galeria-espaçonave o trabalho de 18 artistas contemporâneos incluindo Sophie Calle, Soju Tao, Stephen Shore e Yoko Ono que prestam homenagem a bolsa Chanel 2.55.
Saiba mais AQUI.

Anúncios