Como se começa uma revolução nos dias de hoje?

Há algumas décadas, como forma de manifestar rebeldia e ousadia, as mulheres se despiam de panos e deixavam partes do corpo, nunca antes reveladas, a mostra. Tanto que a minissaia já foi bandeira de revolução. Mas no século 21, não há nada que não se tenha mostrado. Andar de sainha curta, mostrar os peitos ou a bunda não é sinônimo de coragem. Ou contemporaneidade.

Britney Spears, sabe-se lá o porquê, divulgou fotos suas, de uma campanha publicitária para a Candie`s, sem photoshop. As imagens mostram uma Britney com celulite, pele normal, mas, ainda sim, bonita. As reais intenções da cantora talvez nunca sejam totalmente esclarecidas. Mas sua ousadia é extremamente admirável, pois além das imagens sem os retoques, as fotos com photoshop também foram divulgadas. Assim, o público pode ter uma ideia de – como se transforma pessoas reais em irreais – são feitos anúncios e capas de revista.

Se a era miss perfect está no começo de um fim, não sabemos. Mas ao olharmos pra trás, perceberemos que as grandes revoluções femininas começaram desta forma. Com algumas mulheres tomando iniciativas mais corajosas e incentivando outras a se tornarem mais livres.

Por Nathalia Crivellaro
@naticrivellaro

Anúncios